Amazontime

Amazontime
O maior site de notícias de Humaita - AM
"Deixe seu comentário ao fim das matérias, se preferir poste no mural de recados na parte inferior do site. obrigado!

sábado, 5 de dezembro de 2009

A DIGNIDADE PEDE PASSAGEM




(Humaitá)
(Onibus se choca com a entrada da balsa enquanto caminhoneiros esperam em rampa enlameada)


A vida sofrida de caminhoneiro tem na cidade de Humaitá um capítulo de sofrimento a parte, pois ao se dirigirem às localidades de Matupi e Apuí precisam cruzar o Rio Madeira e utilizarem uma estrutura de travessia ultrapassada e que não oferece segurança, principalmente em dias de chuva.
Foi exatamente o que aconteceu neste sábado, 5 de dezembro por volta das 8:00h da manhã, quando por conta das chuvas que já começam a se intensificar, que o motorista, Hermínio Loeblim da empresa Amazônia Turismo tentou embarcar na balsa com a rampa de acesso transformada em lama. O ônibus derrapou e se chocou com a entrada da balsa restando à empresa Amazônia Turismo amargar com o prejuízo.
Aproveitando-se da situação um grupo de donos de pequenas embarcações que funcionam com motor rabeta, começaram a fazer o transporte de pedestres e motos cobrando por travessia o valor de R$ 5,00. As embarcações não oferecem nenhum tipo de segurança, entretanto é a única opção disponível nestes casos extremos.
Sabendo da situação em que se encontra a rampa que dá acesso a balsa, Herivâneo Seixas já se movimentou e entrará com um requerimento na câmara já nesta segunda-feira endereçado ao Ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento, solicitando a construção de acesso de concreto, pois segundo o vereador é a única solução que pode ser considerada definitiva para o problema.
Como costuma fazer Herivâneo foi pessoalmente ao local, conversou com caminhoneiros, e, após ficar estarrecido com a situação resolveu intervir na situação para mudá-la em definitivo.
Após uma ligeira estiagem a travessia voltou a ser feita, entretanto com a previsão de chuvas constantes de agora em diante, resta aguardar sabendo que se não houver a intervenção do Ministro a questão tende a permanecer não resolvida prejudicando milhares de brasileiros que pagam pedágio para índios e que se sentem reféns do estado.


Haroldo Ribeiro
www.amazontime.com


.

Um comentário:

  1. Quando vamos conseguir ver nosso estado crescer de verdade, espero que seja logo, pois não conseguiremos viver em outro lugar, amamos nossa terra e queremos respeito, isto tudo é uma vergonha! Silva

    ResponderExcluir

Comente com responsabilidade