Amazontime

Amazontime
O maior site de notícias de Humaita - AM
"Deixe seu comentário ao fim das matérias, se preferir poste no mural de recados na parte inferior do site. obrigado!

quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Motim debelado, Pm evita linchamento na Penitenciária

O estuprador quase foi morto por outros presos
Uma revista "costumeira" na Penitenciária
de Humaitá quase terminou em tragédia. Parentes de presos denunciaram ao Juiz da cidade Dr. George Hamilton Lins Barroso que estava havendo ameaça por parte de presos que estariam ameaçando seus companheiros.
A partir desta informação foi organizada uma busca nas dependências do local  as 13h00min em busca de algum material que pudesse servir a algum tipo de ataque ou ameaça aos demais presos. Suspeita-se que tudo se daria por conta de delações de preso contra preso.
Estiveram no local, o Dr. George Hamilton, a promotora Drª Simone, o Sub Comandante da 4ª CIPM, Ten.Daniel Melo, representando a Diocese à irmã Ivonete e os direitos Humanos com a Profª Sonia Miranda que acompanharam toda a ação que transcorreu na mais perfeita ordem.
Na ação foi encontrado 3 celulares e um carregador, 6 tesouras, 12 chucho (estoques), uma talhadeira, um garfo, um abridor de lata, duas colheres e um estilete que foram recolhidos e levados para a 8ª DRPC.
Depois de feita as buscas e os materiais recolhidos começou então um motim liderado por alguns presos incluindo “Soldado” que foi preso recentemente por participar do assalto a Farmácia Xaropão. Eles atacaram o preso Genival Lobato Valente (Gongo), preso por estupro pensando que o amigo de cela era o responsável pela revista. Gongo é um preso de bom comportamento, e como é profissional em construções, está sempre fazendo algum reparo na prisão, por este motivo levantou suspeitas pelos outros detentos.
Jonh Vagner Souza da Silva (“Dois Real”) assassino que matou um operário da Socorro Carvalho atingiu o detento Gongo com uma corrente que possuía um cadeado na ponta, ele “Dois Real” foi imediatamente conduzido a 8ª DRPC e Genival (Gongo) foi levado ao Hospital Regional de Humaitá, e segundo informações teve vários golpes na cabeça e inspira cuidados.
O Diretor do Presídio, Epitácio Siqueira de Paiva, disse que Durante sua gestão que já entra nos três meses não houve nenhuma fuga e tudo o que for necessário para manter a ordem no local será feito. Durante o motim alguns detento ameaçaram policiais militares que estava por lá para garantirem a ordem. Felizmente tudo terminou bem graças a atuação presente da Polícia Militar representada pelos guardiões da lei CB PM Félix e os soldados Claudinês, Ailton e Paulo Pereira.
John Vagner "Dois Real", atacou Genival (acima) e foi contido

Artefatos encontrados na revista
Repórter Policial Cobra
reportercobra.blogspot.com
Haroldo Ribeiro
www.amazontime.com


.........

3 comentários:

  1. - Misericórdia Deus um dia Deus vai me dar uma oportunidade pra prega pra todos os bandidos ladroes oque for e um dia pela vontade de Deus ele vão servir ao único Rei TODO PODEROSO ' ameén

    ResponderExcluir
  2. Agora é o poste quem mija no cachorro. bandido ameaçando Policial.

    ResponderExcluir
  3. e interessante notarmos como os valores estao se invertendo... Com a presenca dos integrantes dos direitos humanos os bandidos presos estao ameacando policiais e esposas dos mesmos...
    por que eles nao ameacam quando estao fora da cadeia? eu nao tenho medo de bandido, nao sou policial, mas mexer com a familia de alguem e muito serio, se fosse comigo e eu fosse policialeu dava umas porradas nesses vagabundos...

    ResponderExcluir

Comente com responsabilidade