Amazontime

Amazontime
O maior site de notícias de Humaita - AM
"Deixe seu comentário ao fim das matérias, se preferir poste no mural de recados na parte inferior do site. obrigado!

sexta-feira, 25 de junho de 2010

Têres Fabrício / PT Humaitá

VALE AQUI E NÃO VALE LÁ?

O País tem sido objeto de espetáculos midiáticos globais, protagonizados por diretores de cinema, atores e atrizes, que tornam a natureza brasileira, em especial a Amazônia, objeto de seu maior apreço.

SE FOSSEM MINIMAMENTE COERENTES, DEVERIAM LUTAR PELA RECOMPOSIÇÃO DAS FLORESTAS NATIVAS EM SEUS RESPECTIVOS PAÍSES.

Os EUA destruíram "quase completamente" as suas florestas nativas, enquanto na Europa a destruição foi completa.

O Brasil, por sua vez, responde por quase 30% do que restou de toda a cobertura vegetal original do planeta.

Logo, OS AMBIENTALISTAS DEVERIAM LUTAR PELA RECOMPOSIÇÃO DAS FLORESTAS NATIVAS NOS EUA, NO REINO UNIDO, NA HOLANDA, NA FRANÇA, NA ALEMANHA, NA ITÁLIA.

Por que não o fazem?

Será porque os interesses da agricultura desses países seriam contrariados?

Poderiam retirar os subsídios agrícolas da pecuária européia e americana e, portanto, diminuir a produção de gases produzidos pelos rebanhos.

Por que se imiscuem na pecuária brasileira, deixando a européia e a americana intactas?

Poderiam não produzir mais tanta uva, com incentivos para a produção de vinhos.

Diminuiriam o problema das encostas e poderiam ver florescer florestas nativas, com sua flora e sua fauna originárias.

Não deveria valer a criação de "florestas" que são verdadeiros bosques e parques para os cidadãos fazerem piqueniques nos fins de semana!

VAMOS TOMAR A SÉRIO A RECONSTITUIÇÃO DAS FLORESTAS NATIVAS! O resto é mero exercício de hipocrisia.

A norma da "reserva legal" não existe em nenhum outro país, muito menos nos desenvolvidos, que financiam, "paradoxalmente", as ONGs internacionais.

A legislação das APPs deles é muito menos rigorosa do que a nossa.

Cabe novamente a pergunta:

POR QUE ESSAS ONGs QUE TANTO DIZEM PREZAR A NATUREZA NÃO FAZEM OS MESMOS MOVIMENTOS NOS EUA E NOS PAÍSES EUROPEUS, LUTANDO PELA CRIAÇÃO DA RESERVA LEGAL E POR UMA APLICAÇÃO MUITO MAIS AMPLA E RIGOROSA DAS APPS?

Vale aqui e não vale lá?

A que interesses respondem?

No Brasil, se toda a legislação atual for aplicada, como querem essas ONGs nacionais e internacionais, várias áreas de cultivo, como as de banana e café no Sudeste, arroz, uva e tabaco no Sul, a pecuária no Pantanal e na Amazônia Legal, soja no cerrado, as florestas plantadas e a cana-de-açúcar, entre outras, FICARÃO INVIABILIZADAS.

Áreas já consolidadas há décadas, se não séculos, deverão ser desativadas, com reflexos evidentes na mesa dos brasileiros e na economia nacional.

A COMIDA FICARÁ MAIS CARA E O PAÍS, DE EXPORTADOR, TORNAR-SE-Á IMPORTADOR DE ALIMENTOS E PRODUTOS AGRÍCOLAS.

Os países patrocinadores dessas ONGs ficarão muito agradecidos.

E OS "AMBIENTALISTAS" GRITARÃO VITÓRIA.

Vitória de quem?



(FONTE: Adaptação do Projeto de Lei n.º 1.876/99 e O Estado de S.Paulo)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente com responsabilidade