Amazontime

Amazontime
O maior site de notícias de Humaita - AM
"Deixe seu comentário ao fim das matérias, se preferir poste no mural de recados na parte inferior do site. obrigado!

sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

Porto desprezado e embarque feito em local não apropriado




            Depois de sua reabertura,
o porto da cidade parece que não atrai a atenção dos proprietários de embarcações, é o que pode facilmente ser constatado para quem faz o uso das embarcações tanto para o transporte de mercadorias como para o de passageiros. Os donos de embarcações tem preferido fazer o embarque de passageiros e a cargas ao lado em estruturas pouco recomendáveis.


         Após sua liberação o porto deveria ser o único lugar permitido para o embarque e desembarque de passageiros e carga, porém não é o que está acontecendo, a Marinha que foi dura na autorização da reativação do porto parece não fazer nada em relação ao embarque feito fora dos limites portuários.

Porto liberado e vazio

            O que impressiona é que para embarcar ou desembarcar no porto não é cobrado nada dos proprietários de embarcações, ainda por cima o embarque de produtos e passageiros tem o tempo é reduzido pela metade, além de preservar a coluna dos estivadores. Um problema relatado pelos que trabalham no sistema portuário é a utilização errada feita por algumas pessoas. O certo seria entrar nas instalações desembarcar e ir embora, porém existem pessoas que querem utilizar a área para namoros ou outras atividades, o que não é permitido. Outra questão levantada é a proibição de taxistas em entrar no local de desembarque, quem pleiteia a proibição são os carregadores, que após a reabertura dos serviços portuários ficaram prejudicados e querem tirar o prejuízo dos passageiros e chegam a cobrar 5 reais pelo transporte da bagagem numa distancia de uns 100 metros.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente com responsabilidade