Amazontime

Amazontime
O maior site de notícias de Humaita - AM
"Deixe seu comentário ao fim das matérias, se preferir poste no mural de recados na parte inferior do site. obrigado!

quarta-feira, 27 de junho de 2012

Rua Monteiro a espera de um sim contra a morte


         A tradicional Rua Monteiro está sofrendo de um mal terrível,
o descaso com o trânsito que já anuncia uma tragédia. A via tem um só lado habitado até chegar a seu miolo que fica entre o Centro do Menor e o Cemitério antigo, por conta disto há um afunilamento aparente e também o movimento de pedestres cruzando a via é maior. Crianças que moram nos dois lados utilizam-na para atravessá-la, mas os motoristas e motociclistas trafegam por ela em alta velocidade como se estivessem numa competição fórmula Indy.

         Um menino que há dois anos tinha apenas 6 anos de idade, F.M.S. foi violentamente atingido por uma moto em alta velocidade quando foi, inocentemente atravessar a rua, com o impacto ele foi arremessado longe e teve que passar por um procedimento cirúrgico além de ter um grande corte na cabeça, o causador de tudo foi um motociclista que trafegava conversando com o carona ele acabou não percebendo que um inocente atravessava a rua e quase terminou com sua existência terrestre.



equipamentos comprados pelos moradores
           Revoltados com tal acidente e com um forte receio de que tudo viesse a acontecer, mas desta vez sem um final feliz, os moradores resolveram investir, eles mesmos, num redutor de velocidade. Após adquirirem o equipamento eles foram pedir ao DETRAM local que tomasse as providências para instalá-lo, isto já faz três anos e até agora nada, segundo os moradores eles não colocaram ainda  as tartarugas porque receberam a advertência de que se alguém sofresse algum dano por conta delas os moradores seriam responsabilizados, com esta resposta surge outra questão: e se eles perderem a vida naquele local quem vai ser responsabilizado? Às vezes tem-se a impressão que o mundo está de pernas para o ar e é o “rabo que balança o cachorro!”

Cabeça com marca de um corte

Cicatriz de cirurgia



Haroldo Ribeiro
.







Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente com responsabilidade