Amazontime

Amazontime
O maior site de notícias de Humaita - AM
"Deixe seu comentário ao fim das matérias, se preferir poste no mural de recados na parte inferior do site. obrigado!

sábado, 9 de junho de 2012

Sem teto do São Cristóvão resistência até o fim



A disputa entre os sem-teto e o dono,
ou suposto dono na opinião deles no caso das terras no bairro de São Cristóvão parece que está muito longe de ser solucionado. Munidos de um documento que diz que os terrenos invadidos não são de Epaminondas, mas sim de uma empresa que faliu nos anos 80, a Istamar, os sem-teto prometem resistir até as últimas conseqüências, já ouve uma ação de reintegração de posse que destruiu vários barracos e deu a impressão de que o problema tinha acabado, mas vários barracos que estão sendo erguidos dizem o contrário.
Os invasores afirmam que pagam aluguel e que não têm onde morar, muitos alegam que estão desempregados e que precisam de um lugar para abrigar as famílias. Um fato que não pode ser descartado é que entre os que realmente precisam de uma casa para morar existe os aproveitadores, pessoas que já têm uma casa, ou até mesmo gente que possui mais de uma casa, inclusive alugadas e que se aproveita da situação.
Esta semana um trator apareceu no local e uma das moradoras entrou em desespero pensando que seu barraco ia ser destruído, nada aconteceu e tudo segue como sempre. A situação é deprimente, as casas não são confortáveis, não existe nenhuma infra-estrutura, energia elétrica e água encanada são produtos de luxo no momento.
A vida segue seu rumo, e, como é véspera de campanha política tudo fica da mesma forma, depois dos resultados de outubro as inseguranças aumentam e o caldo pode entornar.

Haroldo Ribeiro

.

2 comentários:

  1. TAMBEM NAO TENHO CASA! MAS NEI POR ISSO SAIO ENVADINDO ,TERRAS DE OUTRAS PESSOAS. ISSO É COISA DE PESSOAS QUE NAO TEM CORAGEM DE TRABALHAR,POR SER MAS FACIL INVADIR.

    ResponderExcluir
  2. Você que dizer a disputa entre os sem-teto e quem quer ser dono da terra, porque aqui em Humaitá quem manda e quem tem dinheiro. Mas Deus e mas.

    ResponderExcluir

Comente com responsabilidade