Amazontime

Amazontime
O maior site de notícias de Humaita - AM
"Deixe seu comentário ao fim das matérias, se preferir poste no mural de recados na parte inferior do site. obrigado!

sexta-feira, 23 de março de 2012

Drama de velho


               Vida de velho não é fácil,
se o cara pinta o cabelo, tem gente que tira o sarro, não dá pra esconder, geralmente quem pinta o cabelo fica com uma cor muito forte, nem quem é mais novo tem esta coloração, mas pra quem já está na quarta idade não dá pra negar o que é. Você vai ao banco  e te mandam passar na frente, se está no ônibus alguém dá um cutucão e diz ei rapaz! Dá o lugar pro vovô. Não adianta querer negar, se você não aceita o cara diz: Que isso vovô não fica com vergonha não, daqui a uns cinqüenta anos eu vou estar como o senhor. Esta é pra derrubar o cara.
                Se você não tem barriga, por favor, fique desse jeito, se você deixar para cuidar da barriga depois de velho já perdeu como diz bandido carioca em assalto, aliás se vellho brasileiro for assaltados é capaz do ladrão ainda recolher uma vaquinha pra ajudar o “véio”, a maioria dos velhinhos  brasileiros vive de salário mínimo, ganha 622 pilas e só é gente no dia do pagamento. O maior sócio do véio é a farmácia... É remédio pro coração, pro pulmão, pro diabetes e ainda tem a receita dos amigos, que ,diga-se de passagem, não é amigo coisa nenhuma. Acompanhe comigo, você mandar uma pessoa tomar um xá de jiló com arruda misturado com alho... Meu Deus! Só falta encomendar o caixão! Mas eu comecei falando da barriga, gente velho que tomou cerveja a vida inteira é uma coisa horrível, fica aquqla bola enorme um filho gestando que não vai sair... E tem aqueles que tem o umbigo estufado, parece uma bexiga, dá uma impressão que o negócio vai estourar a qualquer minuto, e o pior que a circunferência da barriga é tão grande que para dar uma volta é que nem a terra no sistema solar, vinte quatro hora e alguns minutos que viram ano bissexto a cada quatro anos, mas ainda tem o outro caso, quando o negócio murcha também é difícil, o melhor é sempre andar com uma camiseta.
                Outra coisa que eu vou te relatar estão assaltando os velhinhos brasileiros, já vou te dizer por que, no dia do pagamento tem um bando de neto incentivado pela mãe ou pai...”Vai lá pede pro vovô a grana, diz que os cem real é pra comprar um tenis novo, mentira! É pra mulher dele ir ao shopping, o pior é que o velho acredita e dá.
                Agora o que é mais triste é a alegria que alguns têm quando o velho vai embora, não to falando de viagem não! É morte mesmo mano! Quando o velho caminha, vai sozinho ao banheiro, sabe pedir tudo bem, mas quando o centenário usa fralda, baba na mesa, ou precisa de cuidados especiais aí a coisa fica difícil. Velho só serve se der lucro, ou seja, se pagar a farmácia, o empréstimo, dar “um” para os netos e ainda sobrar pra uma “breja” pro filho, aí velho é que nem vinho fica melhor com a idade. O pior que ninguém escapa deste destino, quem é novo hoje vai ser velho amanhã, a não ser que você fure a fila e morra mais rápido. Quer passar? 

Haroldo Ribeiro


.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente com responsabilidade