Amazontime

Amazontime
O maior site de notícias de Humaita - AM
"Deixe seu comentário ao fim das matérias, se preferir poste no mural de recados na parte inferior do site. obrigado!

quinta-feira, 22 de março de 2012

Socorro! minha mulher é bandida!



            Uma mulher bem vestida, muitas vezes com curso superior
e dominando outro idioma, a grande maioria loira e com estereótipo de beleza ditado pelo mundo da moda, mas isto era tudo fachada. Carina Geremias Vendramini era uma delas, o grupo era composto de sete pessoas com um homem, que era o aliciador que escolhia as mulheres a dedo. A princípio eles faziam assaltos a condomínios, mas com o tempo migraram para outra atividade criminosa, o seqüestro relâmpago.

Outros membros do grupo

            O Rosto bonito das garotas do crime enganava, e muito, as vítimas, geralmente mulheres endinheiradas eram levadas para um veículo sob ameaça de arma de fogo enquanto um membro do grupo limpava sua conta ou fazia compras de altos valores em seu cartão de crédito. Os crimes eram realizados na área nobre de São Paulo. A violência das garotas é notória, elas usam coronhadas, tapas e palavras de ordem. Depois de ser indiciada Carina chegou até a sair do país, na Nova Zelândia ela casou com um brasileiro em 2008, ela voltou para o país e foi morar no Paraná. A loira do crime tinha emprego fixo com carteira assinada, mas usava a desculpa de visitar os pais em São Paulo para se dedicar a atividade criminosa.
            Esta semana a Polícia bateu a porta de Carina e a levou presa, seu marido, surpreso, descobriu que sua mulher mãe de sua filha era uma criminosa de alta periculosidade com mais de 50 ações criminosas nas costas, ele ficou desolado, por saber deste tipo de atividade, ou a verdadeira atividade do rosto bonito com quem casou. Além de Carina o grupo conta com Wagner de Oliveira Gonçalves, que é o líder, e sua mulher, Monique Awoki Casiota, eles se autodenominam Bonie e Clayde, uma dupla que ficou eternizada pelo cinema por praticar crimes juntos, Monique é a única morena do grupo o restante é: Franciely Aparecida P. dos Santos, Priscila Amaral e Silmara Lan e Vanessa Geremias Vendramini, irmã de Carina e que a teria colocado na vida do crime, única da família que sabia da atividade criminosa da irmã.

Haroldo Ribeiro

.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente com responsabilidade