Amazontime

Amazontime
O maior site de notícias de Humaita - AM
"Deixe seu comentário ao fim das matérias, se preferir poste no mural de recados na parte inferior do site. obrigado!

quinta-feira, 22 de março de 2012

Sequestradores levam a pior em Rondônia


Veja na matéria a face do líder do bando
            Um caso de seqüestro movimentou
a cidade de Porto Velho neste mês de março, com uma bem estruturada ação criminosa o bando planejou um seqüestro que acabou com a vítima, Rodolfo de Holanda Freitas de 21 anos que foi abordado na saída de uma boate no dia 04 de março, o rapaz foi levado cativo em seu próprio carro para o Bairro de Três Marias, ali na casa de Eder e Luciana o jovem foi mantido enquanto as negociações eram feitas com seu pai, a princípio o valor exigido era de um milhão de reais, mas depois de negociações chegou-se a casa dos quinhentos mil. O local da entrega foi feita na rodovia próximo a Universidade Federal de Rondônia, após a entrega do valor exigido a polícia esperou que o rapaz fosse liberado e em seguida, com as informações que já possuía montou um esquema para prender os acusados que descobriu-se serem: Marvim Rocha Cerpa, chefe da ação, Heder Maia de Araújo, Luciane Barroso da Silva, e Heber Rocha de Souza.

Marvin Rocha Cerpa

A captura
 
            Os quatro foram presos no domingo, dia 12 aproximadamente as 22h00min quando o mentor da ação Marvin Rocha Serpa voltava de Manaus, sem que ele soubesse já havia uma intensa operação para prender todo o bando, ali no Aeroporto Internacional Jorge Teixeira, Marvin sua esposa e seu irmão foram presos, com eles foram achados 378 mil em dinheiro, uma pistola 380 e em seguida o dono do cativeiro também foi preso e com ele a policia encontrou mais uma pistola 635, além das armas foram apreendidos Gol de cor preto e uma Fiat/Strada de cor prata.

            Com o sucesso da ação promovida na capital de Rondônia o grupo já estava planejando a próxima ação que seria no estado do Acre, uma vítima já estava sendo sondada pela quadrilha que enveredou por este tipo de negócio, infelizmente para eles “havia uma pedra no meio do caminho’”, a Polícia Civil desbaratou todo o plano e os mandou para a cadeia onde deverão fica por muito tempo.

Haroldo Ribeiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente com responsabilidade