Amazontime

Amazontime
O maior site de notícias de Humaita - AM
"Deixe seu comentário ao fim das matérias, se preferir poste no mural de recados na parte inferior do site. obrigado!

terça-feira, 18 de maio de 2010

HUMAITÁ 141 ANOS

Humaitá comemorou nesta semana 141 anos de vida, há grande motivos para comemorar, a grande parte deles vem de fora. Do governo estadual estamos recebendo uma nova roupagem no quesito urbanização, pois a maioria das ruas está recebendo asfaltamento fazendo com que uma simples volta aos bairros periféricos se transforme numa aventura, igualmente, do lado do governo Federal a BR 319 sentido Humaitá – Porto Velho já é uma realidade que faz o tempo de uma viagem a capital de Rondônia demorar as normais duas horas em média, com isso produtos estão chegando mais baratos e o atendimento fora de Humaitá nos casos graves de saúde podem ter um atendimento antes da morte certa.

No geral a festa foi bem organizada, tendo dois pólos de comemorações sendo que um na Praça da Rodoviária e outro no Centro Histórico. Na Rodoviária houve shows de vários nomes da região e atração nacional (cantor Vavá). No Centro da cidade foram armadas barracas que mostravam os avanços da cidade é aí que a porca torce o rabo.





Nos esportes, várias modalidades fizeram com que a paixão pela competição na cidade não passasse em branco. Acompanhamos a final do Peladão do São Cristóvão, onde houve uma disputada competição com uma razoável premiação. O time vencedor foi o Juventude que com sua vitória recebeu 2000 mil Reais; o Moto Clube pelo segundo luar recebeu 1000 Reais e para o terceiro o total dos prêmios foi 200 Reais que foram complementados pelo vereador Herivaneo que em nome de Sua loja deu mais 300 Reais para complementar a premiação.

De negativo temos as barracas representando a agricultura que não tinha nenhum agricultor ou mesmo um projeto na área, Na educação da mesma forma, pois tudo o que é feito tem o dedo do Governo Federal ou Estadual. Outro fato facilmente percebível é a questão da festa que é dada todo o ano na Praça da Rodoviária, os evangélicos esperavam ser lembrados na festa deste ano, o que não aconteceu. O que teve foi muito forró, estimulando a sensualidade e a bebedeira, aliás, esse comportamento é muito confundido com cultura ultimamente.

Pra todo o lado que se via, vendia-se muita cerveja, com isso aumentou o número de casos de acidentados no Hospital Regional. Outro fator relevante foi o apagão de energia que aconteceu na manhã de sábado, indicando que realmente nada mudou por aqui, pois o fato ocorreu na cidade inteira, dando conta de que termelétrica não pode ser mais considerada uma opção séria ao aumento do consumo de energia .
Segunda-feira chegou e tudo volta a ser como era antes povo cheio de ressaca comércio vendendo menos e um ponto facultativo para refazer as forças.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente com responsabilidade