Amazontime

Amazontime
O maior site de notícias de Humaita - AM
"Deixe seu comentário ao fim das matérias, se preferir poste no mural de recados na parte inferior do site. obrigado!

sexta-feira, 7 de maio de 2010

UM CHORO CENTENÁRIO

Ronaldo chora em entrevista


Não dá pra esquecer as arrancadas que fizeram a alegria da torcida brasileira em diversos jogos da seleção, tudo o que fez ainda quase criança pelo Flamengo e o brilho que desfrutou na Europa. Ronaldo “o fenômeno” é um dos maiores exemplos de quando é possível a aposentadoria precoce é a melhor saída.

Ganhando mais de um milhão de Reais pelo Corinthians, o craque teve um choro “centenário” após ser inquirido pela vitória que foi uma verdadeira derrota para o Flamengo nesta quarta-feira, quando numa atuação fraca de Adriano “o imperador” precisando vencer por um placar superior a dois gols, viu o sonho de fazer do centenário uma festa inesquecível com a conquista inédita de uma Libertadores ir por água abaixo , aliás, este é o nó na garganta de todo o corintiano, não conquistar uma Libertadores e nem um Mundial, pois poucos dão valor aquele campeonato que o time ganhou a algum tempo atrás.

Numa entrevista dada a imprensa ontém (06) Ronaldo chorou e justificou sua atuação não muito brilhante, alegando que ninguém passou por mais altos e baixos que ele e se recuperou, agora é bola pra frente.

Como não ganhou a Libertadores o Timão ficou desnorteado e agora pensa no campeonato brasileiro como válvula de escape para tentar dar algum tipo de dignidade a seu imenso clube de torcedores.


Ronaldo e Mano Meneses são considerados os culpados pelo choro centenário, que paulada! O pior é que não dá pra se esconder, pois tem corintiano em todo o lugar, de um simples mendigo de rua até o presidente da República, existem muitos dedos apontados para os dois dizendo; - Vocês são os culpados! Eu não queria estar na pele deles. 



Haroldo Ribeiro
www.amazontime.com
fotos: globoesportes.com/1.bp.blogspot.com




*

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente com responsabilidade