Amazontime

Amazontime
O maior site de notícias de Humaita - AM
"Deixe seu comentário ao fim das matérias, se preferir poste no mural de recados na parte inferior do site. obrigado!

quinta-feira, 20 de maio de 2010

TERRA LEGAL, ANTES TARDE... MUITO TARDE DO QUE NUNCA



A convite do governo Federal muitos brasileiros principalmente do sul do país vieram para estas bandas em busca de uma terra que em seu lugar de origem nunca puderam obter. Com uma imensa força para lutar e vencer obstáculos eles vieram e ocuparam as margens das rodovias federais com a promessa que logo seriam beneficiados com todo aparato de recursos federais; o tempo passou e tudo ilusão.
Muitos bravos brasileiros não só do sul do país mais de todos os lugares incluindo o nordeste vieram em massa para o norte selvagem em busca de uma terra fácil e produtiva. Não encontraram nenhuma das duas opções, pois a terra estava rodeada de floresta nativa, uma imensidão verde cheia de onças ferozes, serpentes venenosas ao extremo, mosquitos que pareciam urubus de tão grandes, Rios que eram oceanos de água doce, tribos indígenas amigáveis e outras nem tanto.

Com o tempo muitos perceberam que a situação não iria mudar, mas era tarde demais pra voltar atrás, alguns até sentiram o gosto amargo de perceber que lá do lugar de onde vieram a coisa não era tão ruim, e, chegando nos lados do Amazonas perderam tudo que possuíam, até mesmo os filhos, mortos por doença, intrigas agrárias e desavenças diversas.

Vieram os dias atuais e o meio ambiente tomou conta de tudo, nada se pode plantar, a preservação virou a bandeira da vez, e o homem que veio plantar e colher se viu numa sinuca de bico, ou criava gado, ou criava gado, as outras opções não existiam. Tudo quanto é tipo de projeto dava errado e agora quem não está na terra desde pelo menos 2004 corre o risco de perder tudo ou não ser dono de nada. Um manejo florestal por exemplo, se um dono de terra começar a fazer a papelada quando o seu filho nascer só vai receber algum dinheiro por isto quando ele tiver se formado em medicina, é uma burocracia infernal, só falta pedir atestado de óbito de quem esta requisitando o manejo, um absurdo.

Esta dura realidade foi discutida numa reunião no auditório da UFAM (Universidade Federal do Amazonas) essa quarta-feira (19), as 9:00 h, onde estiveram presentes vários e representativos nomes da causa agrária regional. O governo Federal quer dar um basta nas propriedades que não são regulamentadas dando oportunidade para aqueles que por excesso de burocracia não conseguiram nada até agora.

O projeto do Terra Legal é bom, uma boa iniciativa do governo, entretanto para a maioria dos bravos homens e mulheres que doaram suas vidas a uma causa perdida já é tarde demais. Resta para muitos o consolo de “uma cova grande, cova medida... è a parte que te cabe neste latifúndio” (João Cabral de Melo Neto), talvez depois de morto nasça desses corações chorosos e silenciosos uma grande e frondosa arvore que clame noite e dia por justiça, a incerta justiça dos homens.


Haroldo Ribeiro
www.amazontime.com


.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente com responsabilidade