Amazontime

Amazontime
O maior site de notícias de Humaita - AM
"Deixe seu comentário ao fim das matérias, se preferir poste no mural de recados na parte inferior do site. obrigado!

sexta-feira, 9 de setembro de 2011

Ele é acusado de abuso sexual, o MP vai apurar



As redes de TV de todo o Brasil,
principalmente a Rede Record têm denunciado exaustivamente o caso de Aldo Bertoni líder da Igreja Apostólica sob a  acusação de abuso sexual de fiéis da igreja em troca de favores de Deus.
Bertoni é além de presidente, diretor estatutário da denominação que conta com mais de 25 mil adeptos em todo o Brasil e tem sua sede no Tatuapé, São Paulo. O “apóstolo” da igreja foi denunciado por uma fiel que entre outras coisas disse que foi abusada sexualmente por ele. Depois da primeira denúncia outras mulheres, passando a casa das dezenas denunciaram o líder da igreja sempre contando a mesma história.
O próximo passo contra Bertoni será uma formalização no Ministério Público, que a partir daí começará a tomar as providências para elucidar o caso comprovando ou não a sua veracidade.
Bertoni é venerado como um santo pelos fiéis da igreja, e por isso, conforme relatam as mulheres vitimadas, a maioria das mulheres que sofreram abusos têm medo de se pronunciar contra o líder da igreja, mesmo assim algumas, falaram a Rede Record sobre os abusos sofridos.
Num dos depoimentos, uma das muitas mulheres disse que BErtoni após seu pedido para orar por seu marido moribundo disse que era para deixar que ele morresse, pois a partir daí ela pertenceria a ele.
Outra delas de nome Claudete afirmou que Bertoni foi procurado por ela porque sua filha estava a beira da morte no ano de 2008 e por isso foi buscar sua ajuda em estado de desespero. Após contar todo o caso ao “apostolo” este lhe mandou entrar numa sala particular onde ela e Bertoni ficaram trancados.
A partir daí ele começou, segundo seu relato, a apalpar-lhe os seios perguntando onde seria a dor. Indignada ela disse que não sentia dor nenhuma em seu peito, ele então começou a beijar-lhe o pescoço, a boca e começou a passar a mão na mulher mandando que ela olhasse bem nos olhos dele. Ela foi ficando cada vez mais nervosa e não conseguia se desvencilhar dele.
Após a tortura a que foi submetida a mulher ainda disse que ele propôs matar seu marido para ficar com ela, assim ela poderia ficar com ele, que prometera cuidar dela. Não esperando tal reação do líder da igreja ela fugiu e nunca mais voltou. Ela dedicou 35 anos de sua vida pensando estar servindo um homem de bem.
A promotoria do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime organizado do Ministério Público, Sandra Rodrigues de Oliveira disse que a maioria das mulheres manteve uma postura de passividade diante de tamanhos abusos por acharem que estavam diante de um santo. Após muito tempo de contínuo abuso é que elas vieram a perceber o mal que ele causava em suas personalidades, a partir daí revelavam o acontecido aos seus familiares
Uma grande dificuldade para as que foram abusadas era o fato de seus familiares também membros da seita não acreditarem que Bertoni pudesse fazer tal coisa. Os que denunciavam Bertoni eram considerados loucos, verdadeiros bandidos sem direito a perdão, assim quem denunciava perdia amigos chegados e de quebra a família.
Uma infeliz vítima ouviu de seu pai que entre Bertoni e ela ele preferia o “apóstolo”.
Embora Bertoni seja um “cristão” há registrado em seu nome pelo menos 8 armas de fogo, quando sai é cercado por seguranças, atitude contrária ao cristianismo que prega o morrer pelos outros.Como se não bastasse o líder da Igreja Apostólica também e acusado de enriquecimento ilícito.
Um dos seguranças de Bertoni, de nome Silvio dizia estar decepcionado, ele acreditava no “apóstolo” até visitar as casas de suas muitas amantes, ele disse que Bertoni filmava tudo para mostrar para os amigos. Bertoni está com 85 anos.

imagem: acordapovoapostolico.com
Com informações R7

2 comentários:

  1. Prezado Haroldo essa matéria ficou ótima, é bom que alguns "fiéis" aqui de Humaitá abram seus olhos para esses fatos e saibam que o único que podemos venerar e Deus, não um homem que se diz "santo" e na verdade é um monstro que usa a fé das pessoas para seu bem próprio, agora é esperar que a justiça do homem seja feita, pois eu tenho certeza que a justiça divina não falha.Prezado Haroldo essa matéria ficou ótima, é bom que alguns "fiéis" aqui de Humaitá abram seus olhos para esses fatos e saibam que o único que podemos venerar e Deus, não um homem que se diz "santo" e na verdade é um monstro que usa a fé das pessoas para seu bem próprio, agora é esperar que a justiça do homem seja feita, pois eu tenho certeza que a justiça divina não falha.

    ResponderExcluir
  2. Olha Haroudo voce devia colocar em sua materia coisa locais não atacar Religião ,Pois os Grande site e que cobre coisa nacionais e voc deveria se concentrar mais nas noticias do municipios ou acabou o suas reportagem.
    Se voce não se lembra a record que fez a materia ,os proprietario dela sao investigado por desvio de dinheiro dos fieis e agora ela fica atacando religioes para tirar a atençao dele .Logo sera revelado toda a Verdade....

    ResponderExcluir

Comente com responsabilidade