Amazontime

Amazontime
O maior site de notícias de Humaita - AM
"Deixe seu comentário ao fim das matérias, se preferir poste no mural de recados na parte inferior do site. obrigado!

segunda-feira, 30 de julho de 2012

Candidatos no blefo X estrelas texto completo



        Toda a eleição é a mesma coisa “os estrelas”
ganham tudo e os “blefados” ficam no desespero. Nas eleições, principalmente nos locais em que a compra de votos é coisa recorrente quem não tem dinheiro para se virar sabe de antemão que não vai conseguir nada. Os presidentes de partido, com raras exceções quando são candidatos recolhem os valores que deveriam ser distribuídos de forma igualitária e gastam tudo em suas próprias campanhas deixando seus companheiros de sigla na mão.
        São vários os indícios de que está havendo preferências na hora da distribuição de valores, se as quantidades de santinhos forem diferentes priorizando os que já cumprem mandatos, ou os que tem maiores chances de ganhar, pode-se ter certeza o recurso está indo pro lado de lá, outro sinal são os carros adesivados, este recurso embora esteja mais barato do que em eleições passadas levam a cara do candidato honesto ou picareta, honesto se seus companheiros tiverem pelo menos recursos para adesivarem seus próprios veículos com a verba de campanha.
        Então para que servem os candidatos desprezados e sem verba? Por pior que seja a votação, eles servem de escada para os figurões chegarem lá, dez votinhos daqui, trinta votinhos de lá e o figurão vai subindo, pois no processo eleitoral brasileiro são as coligações que ditam quem vai ser eleito, assim quem estiver mais bem colocado chega lá.
        Outro constrangimento que passam os nanicos é o tempo de fala nos comícios, o horário para eles é racionado, já os figurões passam do prazo e não respeitam ninguém, ninguém os repreende ou desqualifica e assim caminham as coisas. Os grandes candidatos têm dinheiro para o deslocamento, combustível para ir e vir e até mesmo dar para quem quiser, mas o que há de mais nefasto nas campanhas políticas são as promessas de emprego com as mão no poder os vereadores que já têm mandato negociam o retorno para a casa de leis em troca de vagas na futura administração, isto parece bom, mas com o tempo é um tiro no próprio pé, pois quem tem competência não precisa pedir nada a ninguém restando então quem não tem capacidade e que só trará prejuízo ao lado vencedor.
        No Brasil, principalmente nas pequenas cidades, e as mais atrasadas os candidatos estrelas que levam tudo e os nanicos que nada têm perpetuam uma condição, a de uma nação com renda de primeiro mundo, mas com políticos de quarto.
       

Sites de Humaitá favor
não copiar esta matéria
Haroldo Ribeiro

.
       
blefados: termo usado por garimpeiros quando não se está recolhendo nada de ouro

Sites de Humaitá favor
não copiar esta matéria
Haroldo Ribeiro

.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente com responsabilidade