Amazontime

Amazontime
O maior site de notícias de Humaita - AM
"Deixe seu comentário ao fim das matérias, se preferir poste no mural de recados na parte inferior do site. obrigado!

quarta-feira, 4 de julho de 2012

Ela morreu aos 34 anos, de causa desconhecida



            Uma morte que ocorreu nesta semana deixou
a cidade com num grande questionamento, de que teria morrido Silvelan Carvalho Belfort de 34 anos? Há uma semana a jovem dona de casa reclamava de constantes dores nas costas e manchas que se espalhavam por todo o corpo, sem um diagnóstico preciso, após ser atendida no hospital local e com o quadro não se revertendo ela foi encaminhada para a capital vizinha e foi hospitalizada no João Paulo II, isto ocorreu na manhã de sábado, 30 de junho.
            Após vários exames a pergunta continuou sem solução, que mal estava minando a saúde daquela mulher? Levantaram-se várias suspeitas, entre elas leptospirose, hepatite e até dengue hemorrágica, mas no final tudo resumiu-se a causa desconhecida no atestado de óbito. Ela chegou a ir para a UTI, mas as 18h30min de domingo Silvelan faleceu deixando a vida precocemente. O corpo foi trazido para Humaitá e foi velado na casa de parentes na Rua Circular Municipal, as 16h00min ela foi enterrada no cemitério de São Sebastião.

Haroldo Ribeiro

.
            

Um comentário:

  1. O que será que está acontecendo com os diagnósticos expedidos pelos médicos do hospital do município de Humaitá/AM? Da até medo de ir ao hospital deste município, pois está ocorrendo erros em diagnosticar algum tipo de enfermo. Será que é falta de médicos de verdade, excesso de trabalho ou materiais sucateados. Bom, estou colocando isto em questão porque dias atrás faleceu uma senhora em um hospital em Porto Velho/RO com o diagnostico de Hepatite, porem o servidor da saúde (médico (a)), pago com os impostos dos moradores do município, receitou um remédio inapropriado (antibiótico) piorando a saúde dela. Desta forma a senhora veio a falecer em Porto Velho/RO. No atestado de óbito, da senhora falecida, não está especificado a doença. Por quê? Bom, segundo informações a causa da morte não foi especificada, no atestado de óbito, porque Iria complicar o (a) responsável pela “consulta” da senhora falecida. Infelizmente este tipo de acontecimento não é único, muitas doenças estão sendo diagnosticada erroneamente neste município, sendo necessários outros exames em outros locais. Portanto, surge a seguinte pergunta; Onde está o (a) secretário (a) da saúde? Sabendo que isto daria um belo processo ou seria mais de um? Bom, é só da uma olhada no código civil (Art. 951) e no código de processo civil (Art. 302).
    E você que leu. O que acha?

    ResponderExcluir

Comente com responsabilidade