Amazontime

Amazontime
O maior site de notícias de Humaita - AM
"Deixe seu comentário ao fim das matérias, se preferir poste no mural de recados na parte inferior do site. obrigado!

domingo, 31 de julho de 2011

Ele foi atacado por uma gang e quase morreu

Eles só não mataram meu filho por
acharem que ele já estaria morto (mãe)
Sábado para domingo,


jovens vão às muitas festas e eventos que se espalham pela cidade, um dos mais disputados é o Clube Circuito Musical. Lá dentro a equipe do clube não permite qualquer tipo de violência. O local é amplamente monitorado para evitar confrontos entre gangs.

No dia 30 em particular os ânimos dos muitos presentes ao evento dentro do estabelecimento estavam acirrados, mas por conta da boa organização dos diretores da casa nada de ruim aconteceu lá dentro.

Um grupo de jovens do Bairro de São Cristóvão entrou em atrito com um grupo do Andaraí, como no local nada podia ser feito em termos de violência eles marcaram a contenda para o lado de fora.

Querendo apenas evitar o pior Diogo Freitas de Melo de apenas 18 anos pediu as partes envolvidas que não entrassem em confronto. Não adiantou. Do lado de fora dos portões do clube, já as 3h30min ele foi atacado violentamente na cabeça e foi ao chão, junto com esse golpe um corte feito com uma garrafa ajudou ainda mais a aumentar o sofrimento do rapaz, que agora estava quase morto.

Por sorte estava por perto um médico, Dr. Diogo, que verificou a gravidade dos ferimentos e pode notar que o rapaz ainda estava vivo, ele providenciou o transporte do rapaz até o Hospital Regional de Humaitá onde foi atendido rapidamente saindo da zona de morte.


Diogo tem mais três irmãos, ele saiu para se divertir as 21h00min e quase não volta para casa, ele é morador do bairro de São Domingos Sávio. Num misto de alegria e tristeza sua mãe disse:
- Só não mataram meu filho, porque acharam que ele já estava morto.
Segundo a vítima o número de agressores passava de dez. Diogo está sendo bem atendido no hospital de Humaitá e não corre risco de morte.         




Haroldo Ribeiro
www.amazontime.com




.                   

2 comentários:

  1. Torcemos pelo jovem Diogo e muitíssimo obrigado ao médico também chamado Diogo. Que seja feito justiça e que seus agressores paguem pelo crime para que outros jovens não passem pela mesma situação absurda. Humaitá já foi um dia uma cidade tranquila e de paz, o que é lamentável!

    ResponderExcluir
  2. Gostaria de saber porque o sr Haroldo não publica os comentários sobre esse fato? Se não quer comentários então deixe isso claro para os leitores.

    ResponderExcluir

Comente com responsabilidade