Amazontime

Amazontime
O maior site de notícias de Humaita - AM
"Deixe seu comentário ao fim das matérias, se preferir poste no mural de recados na parte inferior do site. obrigado!

terça-feira, 25 de outubro de 2011

Casa do estudante, causa do protesto



Alguns alunos da UFAM estiveram em frente à Câmara Municipal
nesta manhã e inicio de tarde do dia 25, reivindicando o cumprimento da promessa feita pelo prefeito da cidade em relação à compra ou doação de um terreno para construção da Casa do Estudante, os valores já estão depositadas numa conta da Universidade, mas poderão ser devolvidas se o terreno não for liberado. Neizinho, presidente do diretório estudantil da Universidade, afirma que se cansou de ligar, ou tentar estabelecer um diálogo com a prefeitura em relação ao assunto. As faixas que foram expostas em frente ao parlamento da cidade pediam ao prefeito que cumprisse o que prometeu e ainda que não se faz um futuro sem valorizar a educação hoje.
Dedei Lobo estava em Manaus, quando tudo aconteceu e soube do protesto por telefone, sua secretaria de gabinete afirmou que o prefeito autorizou o grupo de estudantes a procurar um terreno para construir a Casa do Estudante, ao acharem, a prefeitura iria comprá-lo para que fosse construída a tão sonhada casa. Valdeir Malta afirmou que após ser feita esta proposta os alunos não retornaram com um terreno em vista para ser analisado e comprado. Valdeir também disse que a manifestação é mais política do que autêntica, ele afirmou que Neizinho fez a manifestação por estar descontente por não ter sido escolhido para ir a Manaus, a princípio doze seria o número dos que iam participar de um congresso em Manaus, porém por falta de recursos, comuns aos municípios nos fins de ano, a prefeitura resolveu beneficiar só quatro nomes que deveriam ser escolhidos entre os jovens que foram votados na ultima conferência da juventude. Nei estava entre os doze, porém não foi escolhido para fazer parte dos quatro que irão a Manaus. Valdeir finalizou dizendo que as faixas foram patrocinadas por Herivaneo que também vai dar as passagens para os outros descontentes.
Por telefone Neizinho negou tudo, disse que vários terrenos foram vistos e levados ao conhecimento da prefeitura que fez corpo mole e não atendeu aos estudantes. Falou que não precisa de Dedei, Herivaneo ou quem quer que seja para fazer uma manifestação, pois é um representante dos estudantes da UFAM, e não menino, além do mais, é parte integrante da juventude do PT, e sendo assim obtém convite para ir a vários congressos e conferências no Brasil inteiro, sem a necessidade de estar puxando o saco do Sr. Dedei Lobo ou outra qualquer autoridade da cidade.
Esperamos que, independente de questões menores, de um lado ou de outro, a Casa do Estudante saia do papel, pois Humaitá merece o melhor e as pessoas que vêm para cá estudar precisam sentir-se em casa.


.

3 comentários:

  1. A indignação é dos princípios para a mudança. As coisas só acontecem se tiver reivindicações.Cidadão informado, direito respeitado.

    ResponderExcluir
  2. "O nosso povo merece respeito!"

    ResponderExcluir
  3. Agora o Prefeito Dedei (não reeleito) quer comprar um terreno... e pq não vez antes...pq o senhor prefeito (não reeleito) não pediu pro senhor BabaValdeirMALTA pra procurar um terreno em vez de tha prosando...mas ação se qres ajudar seu prefeito(que não se reelegerá...e outra as faixas podem ser patrocinadas até pelo Kakilo(ôh! cachorro quente), o que importa é que seu prefeito(não reeleito) não estar fazendo nada...
    Esse negocio ki é fim de ano e não tem dinheiro... pq o prefeito Dedei (não reeleito)promete? parece que o Senhor Dedei (não Reeleito) fala as coisas sem saber...só pra imprecionar...

    ResponderExcluir

Comente com responsabilidade