Amazontime

Amazontime
O maior site de notícias de Humaita - AM
"Deixe seu comentário ao fim das matérias, se preferir poste no mural de recados na parte inferior do site. obrigado!

sábado, 15 de outubro de 2011

Associação Comercial e Industrial de Humaitá, sob nova direção, faz reunião histórica



           Não é fácil administrar uma empresa,
a maioria das que são abertas no país fecham antes mesmo do terceiro ano”, estas foram às palavras de Dirléia, responsável pela agência local do SEBRAE. Para que este tipo de estatística não se confirme por aqui a agencia do SEBRAE tem promovido vários cursos de capacitação. A prefeitura da cidade sustenta toda a organização e paga todas as despesas para que o órgão possa existir na cidade.
         A reunião no auditório da prefeitura foi realizada pela Associação dos empresários da cidade que recomeça, agora sob nova roupagem, e com novas cabeças na administração. Estavam presentes Juan, novo presidente, Rademarcker Chaves, vereador, Dedei Lobo, prefeito da cidade além do Bispo da cidade e o gerente do Banco da Amazônia.
         Sobre a questão do crédito, o gerente do Banco da Amazônia afirmou que há em seus cofres cerca de 7 bi para ser investido na região, para receber o crédito, o micro empreendedor deve apenas fazer um cadastro e após análise os valores são liberados para o desenvolvimento do negócio. Ele afirmou também que para ter sucesso no empreendimento é necessário estar na economia formal. Um mercado organizado tem mais facilidade e mais apoio em todos os sentidos.
         Dedei Lobo, começou dizendo que seu governo é conhecido mundialmente pelo apoio dado ao micro e pequeno empreendedor, cerca de 60% do transporte escolar é feito por pessoas que tem firmas individuais. Dedei falou que antes de sue governo era aplicado porá ano cerca de 450 mil reais que eram pagos a uma empresa só, que seu governo herdou uma dívida com esta empresa que é paga a duras penas até hoje por ingerência do governo passado, agora a situação é diferente, só de transporte escolar foram pagos até agora 2,1 milhões de reais, antes do fim do ano e todo este dinheiro tem melhorado a qualidade de vida de muitos pais de família do interior ao invés de somente beneficiar a um só, como antes.
         Sobre o sistema de registro de preços, Dedei disse ser um pioneiro em todo o Brasil, isto tem feito a cidade ser notada no cenário nacional e internacional sendo esta uma saída para a diminuição dos custos e o aumento da capacidade de investimento nas demandas internas.
         A prefeitura, o governo do estado e federal estão fazendo um caminho que deverá mais e mais beneficiar ao micro e pequeno empreendedor como é feito nos Estados Unidos, hoje na cidade de Humaitá, se numa licitação estiverem presentes grandes e pequenos empresários os pequenos tem primazia, e, ainda que o micro empresário perder e a diferença não ultrapassar aos cinco por cento ele sairá vencedor na disputa, tudo isto para favorecer o crescimento dos pequenos para que estes possam atingir melhores índices de retorno financeiro aos seus negócios.
         Minha grande obra pode não ser percebida pela maioria das pessoas, mas está sendo a melhor distribuição dos recursos da cidade para aqueles que anteriormente eram desprezados.
          Prefeito da cidade disse que já há um avanço ainda maior sendo feito em sua administração, que é a construção de escolas feitas com empreendedor individuais, isto tem representado uma economia substancial para o município. Antes a cidade tinha que contratar uma grande empresa que cobrava um valor exorbitante, agora a cidade compra o material e a escola é feita por pessoas da própria comunidade, proporcionando uma maior distribuição de renda.
         Sobre a ponte da Olaria e a Orla Dedei reiterou que agora muitos pais da obra têm surgido, porém foi através de sua intervenção junto ao governo do estado que proporcionou a realização de vários empreendimentos na cidade.
         O Bispo Merkel disse sentir-se feliz por ver que uma luta sua está criando raízes na cidade, afirmou que o governo federal tem uma dívida muito grande com a população local e que tudo isto é um forma de devolver uma parte do que foi tomado durante muitos anos. Parabenizou a todos pela iniciativa.
         Ruan pediu aos presentes que se filiem a Associação Comercial, para isto deve-se pagar 25 reais por mês, para que uma sede própria seja construída e as despesas sejam pagas. Todos os meses na 1ª sexta-feira haverá uma reunião com todos os associados. A Associação comercial e Industrial de Humaitá já existe há mais de 25 ano, porém agora ela está começando do zero e precisa da união de todos os empreendedores, grandes e pequenos da cidade, para poder beneficiar a todos.




.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente com responsabilidade