Amazontime

Amazontime
O maior site de notícias de Humaita - AM
"Deixe seu comentário ao fim das matérias, se preferir poste no mural de recados na parte inferior do site. obrigado!

sábado, 1 de outubro de 2011

O conhecimento barateia os problemas



Isto aconteceu comigo,
é incrível o que perdemos por falta de conhecimento, às vezes esta é a diferença entre vida e morte. Nós em Humaitá ainda não temos água tratada, muitos dos moradores bebem este líquido direto das torneiras, aí onde mora o problema!
Eu não era diferente dos muitos que ainda existem na cidade, enchia as garrafas de água diretamente na torneira e as levava para a geladeira para ir consumindo. A nossa água, consumida em todas as casas do ambiente urbano vem de poços espalhados pela cidade.
De uns tempos pra cá a qualidade da água melhorou e muito, entretanto, esta água ainda não é tratada, e existe um fator que torna o consumo deste líquido importante um perigo por aqui. Como vêm de poços artesianos aas bombas de funcionam com motores movidos a energia elétrica e em muitos lugares estes motores são desligados durante a noite.
Com o desligamento dos motores a água dos canos perde pressão, automaticamente os furos contidos na rede atraem, se o cano estiver submerso em algum local insalubre, tudo o que tem ao redor dele. Esta água, ou esgoto entre no cano e se dilui no líquido distribuído e leva doenças a todos sem distinção.
Uma forma utilizada para combater este mal é a colocação de cloro diretamente na água consumida, fale-lo de forma constante é uma missão um pouco complicada e alguns não se dão bem com as gotinhas que são jogadas diretamente na água.
Diante deste quadro resta ao cidadão comum comprar água mineral em garrafas ou galões, ou então ter um filtro instalado na torneira. Quero lembrar que sabedor de todas estas implicações, eu e minha família consumíamos a água e já estávamos tem do alguns problemas em razão disto.
Um dia estive na loja Purim Materiais de Construção que fica na Transamazônica, próximo a Rodoviária, e notei um filtro, seu preço era bem barato, não chegava a 50 reais. Não acreditando no via perguntei se o valor era aquele mesmo. Um dos atendente me confirmou o preço e então não tive outr opção senão levar um daqueles na hora.
O próprio vendedor me disse que o mesmo filtro era vendido por espertos na cidade por até 180 reais, mais de três vezes o valor. Para resumir a história, hoje bebo água de qualidade, não temos mais nenhum tipo de complicação estomacal e tudo vai bem.
Conhecendo que o produto que eu e minha família precisávamos não era tão caro assim mudamos radicalmente nossa qualidade de vida. No dia-a-dia de todos nós, muitas vezes pensamos que os problemas que estão a nossa frente são difíceis de serem resolvidos, o conhecimento nos faz vencer as barreiras, e , ao olhar para trás, vem a constatação que o problema não era tão grande assim, nosso conhecimento sim, que era pequeno.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente com responsabilidade