Amazontime

Amazontime
O maior site de notícias de Humaita - AM
"Deixe seu comentário ao fim das matérias, se preferir poste no mural de recados na parte inferior do site. obrigado!

quarta-feira, 11 de abril de 2012

Medida judicial retira invasores



              Os sem-teto do São Cristóvão foram retirados
da invasão em frente a rodovia ainda no período da manhã, por volta de 6h30min uma grande força policial e mais oficiais de justiça chegaram ao local com ordens para colocar tudo no chão, o que aconteceu rápido. Até 11h00min da manhã os ocupantes esperaram uma ordem judicial que os fizesse retornar ao local da invasão, mas não conseguiram seu intento.
            Os ocupantes do terreno disseram saber de informações que dão conta de que os terrenos ocupados pertencem a uma empresa falida, e não a Epaminondas, eles insistiam na ocupação por conta desta informação, os policiais entraram nas terras ocupadas e não brincaram, colocaram tudo para baixo e ficaram com os carros a postos para qualquer tipo de eventualidade.
            Do outro lado do caso e na opinião de muitos, a maioria dos manifestantes era de gente que só queria se aproveitar da situação, pois todos já moram em locais, ou próprios, ou de parentes, não justificando a invasão, e, tão logo estivessem de posse dos terrenos iriam logo vendê-los por mixaria.
            Após toda esta situação os invasores organizaram-se num grande grupo e seguiram pelas ruas da cidade fazendo grande barulho e falando palavras de ordem contra o prefeito e vereadores, que para eles os deixaram abandonados nesta situação. Os manifestantes querem que sejam destinadas áreas de terras para ocuparem e fazerem casas como foi feito na época de Roberto Rui. A turba seguiu em direção a prefeitura e câmara, pediram audiência com o prefeito e não foram atendidos, os vereadores, principalmente da oposição usaram o caso para alfinetar o atual governo dizendo que noutro tempo as coisas eram melhores para a população mais pobre da cidade.
            No meio de toda esta confusão fica a certeza de que, embora Humaitá seja um dos maiores municípios do Brasil em terras, não consegue fazer com que toda a sua população tenha um teto. Há um grande medo entre os sem-teto de que as unidades habitacionais sejam distribuídas como moeda política, coisa que vereadores da situação negam veementemente, como o fez o vereador Ray na ultima reunião, como palavra de político tem valor nenhum resta a colheita dos dividendos negativos de tais manifestações de insatisfação popular.

Haroldo Ribeiro

.

4 comentários:

  1. Estou do lado do povo
    tenho teto e luto pelos que não tem
    quero que os filhos deste povo tenha o que meus filhos tem.

    ResponderExcluir
  2. Estou do lado do povo
    tenho teto e luto pelos que não tem
    quero que os filhos deste povo tenha o que meus filhos tem.

    ResponderExcluir
  3. é a maioria dese povo tem casa até pra alugar

    ResponderExcluir
  4. é a maioria dese povo tem casa até pra alugar

    ResponderExcluir

Comente com responsabilidade