Amazontime

Amazontime
O maior site de notícias de Humaita - AM
"Deixe seu comentário ao fim das matérias, se preferir poste no mural de recados na parte inferior do site. obrigado!

sábado, 28 de abril de 2012

Tratados como um nada!


               Pessoas misturadas com compras empilhadas
num caminhão já surrado de tanta lama e buracos, gente que enfrenta oito, nove até dez horas ou mais em cima de um caminhão que balança de um lado para o outro, eles vão para Realidade, uma lugar esquecido por Humaitá, Amazonas e pelo Brasil.
                O local conta com mais de mil habitantes e tem até energia elétrica, um benefício do Governo Federal que trouxe  alento para aqueles que viviam como nos tempos das cavernas. A estrada é o principal problema daquela gente sofrida, quando chega o período chuvoso ela fica praticamente intransitável. Uma das empresas que fazia a linha para o local, a Matupi Turismo, teve que abandonar a viagem por um tempo, pois um de seus ônibus teve o motor severamente danificado. Não é possível colocar um veículo novo para fazer a linha, o que enfrenta a lama tem o eixo aumentado para não sucumbir nos atoleiros que são verdadeiras crateras de lama.
                Um trator fica no meio do caminho e chega a cobrar até 400 reais para tirar um veículo da lama, é pagar ou ficar atolado por dias. A estrada foi licitada pelo governo federal, mas as empresas que deveriam dar manutenção só fazem piorar ainda mais o sofrimento daquela gente. Sacos de cimento foram mandados para fazer a pista ficar um pouco melhor, mas eles desapareceram e nada foi feito. Se alguém quiser vir de lá para a cidade tem que implorar a algum filho de Deus que o traga na carroceria do caminhão.

                Assim o povo da Realidade viaja em tempos de chuva, com lama nas roupas, com poeira nos olhos e com tristeza no coração, sentindo-se rejeitado como filho de um Brasil excludente.

Haroldo Ribeiro
.

Um comentário:

  1. É assim que funciona em vários lugares do nosso Amazonas, é uma pena o governo federal achar que Brasil só é a região centro-oeste e sul. Enquanto isso ficamos a mercêr do tempo.

    ResponderExcluir

Comente com responsabilidade