Amazontime

Amazontime
O maior site de notícias de Humaita - AM
"Deixe seu comentário ao fim das matérias, se preferir poste no mural de recados na parte inferior do site. obrigado!

quarta-feira, 18 de abril de 2012

Pode chegar a oito, os que viraram salgadinhos nas mãos dos quituteiros do mal do Recife



                O comércio de salgadinhos no Recife e região
caiu assustadoramente, depois da divulgação dos casos de assassinato em ritual e com a carne humana sendo consumida e servida como recheio de empadas e pastéis, pouca gente se  arrisca a voltar ao costume de se deliciar com salgadinhos, com isso os comerciantes que trabalham com este tipo de produto estão em estado de desespero.
                A integrante do trio do mal,  Isabel Cristina Torreão Pires da Silveira, que vendia os salgadinhos freqüentava salões de cabeleireiro, lojas e clínicas ela usava a desculpa de que precisava do dinheiro para comprar remédios controlados, com esta estratégia ela vendia muitos salgados, num certo salão ela vendeu dez salgadinhos, todo mundo comeu, porque estavam com fome ou porque queriam simplesmente ajudar a pobre mulher. Ninguém imaginava que poderia estar comendo carne de gente; noutro local uma das consumidoras notou que a carne estava meio peguenta, mas não desconfiou de nada, a grande maioria prefere nem lembrar de que tivera comido o tal salgadinho.
                O líder do grupo, Jorge Beltrão, era uma pessoa comum, ninguém sequer teria suspeita de que ele seria capaz de tais atos, ele afirma que era professor de caratê, e da faculdade federal de Pernambuco (o que foi negado por seu reitor), escritor, ator, autor, compositor e músico.
                A polícia civil, que tem 5 delegados designados para o caso, suspeita que pelo menos mais 08 vítimas podem ter sido mortas pelos canibais de Garanhuns, Beltrão já foi acusado por um crime cometido em 98, mas após doze anos ele foi considerado inocente pelo ministérios público. Ela se diz esquizofrênico, mas que tem o mal controlado, por isso não toma os remédios há anos, ele não considera o que fez crime e diz que as vítimas foram purificadas pelo ritual.

Haroldo Ribeiro

.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente com responsabilidade