Amazontime

Amazontime
O maior site de notícias de Humaita - AM
"Deixe seu comentário ao fim das matérias, se preferir poste no mural de recados na parte inferior do site. obrigado!

quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

CUIDADO! ELA ESTÁ POR AÍ DISFARÇADA E SEM CAMISA



No momento em que as discussões em torno da dengue estão acirradas, pouco se lembras da grande tragédia envolvendo a AIDS, uma das doenças mais danosa que o homem já presenciou.
O fato de todos os dias na grande mídia aparecerem pessoas bonitas que se cuidam muito bem, e que, mesmo com o vírus do HIV ainda aparentam estar bem, e até melhor do que muitos que não têm a doença. Esta exposição leva as pessoas a crerem que a doença nada é.
Quando conversamos com a Sarah dos Santos Riça (Coordenadora do Programa DST e AIDS de Humaitá) sobre o assunto, constatamos que a realidade é totalmente diferente do que se pensa. Quem tem AiDS e precisa do coquetel de medicamentos sofre de uma forma indescritível, pois eles debilitam o corpo, dando náuseas e outros sintomas desagradáveis. O valor dos medicamentos é elevado e volta e meia há falta no mercado de algum componente causando pânicos nos doentes que não possuem recursos para comprá-los.
Sarah nos contou que entre 2005 e 2009 foram constatados 20 casos da doença na cidade, muitos nesse exato momento podem ter o vírus e estar contaminando alguém por aí. Há no município atualmente 12 casos acompanhados mais de perto. Depois de diagnosticados os infectados são classificados como HIV positivos, podendo ou não ir para o outro estado, onde a doença é mais visível se não tratada.
Quando há um diagnóstico comprobatório da doença, a própria enfermeira chefe ou uma psicóloga autorizada e treinada dá a notícia ao infectado, solicitando que ele ou ela diga para o seu parceiro ou parceiros, que está com o Virus evitando assim um alastramento da doença.
Após a constatação de que se está contaminado, que hoje através dos testes rápidos podem ser detectados no exame feito 14 dias depois da contaminação com resultados imediatos, o soro positivo é encaminhado a Porto Velho onde é também cadastrado e começa a manter caso precise um tratamento medicamentoso.
As mulheres estão cada vez mais sendo contaminadas, verifica-se um aumento também entre os adolescentes. Os maridos infiéis têm contaminados suas esposas, que por confiarem acabam sendo vítimas vulneráveis. Depois de comprovar que marido e mulher são soro positivos, o uso do preservativo não deve ser negligenciado, pois pode haver uma mutação do vírus nos dois tornando ainda mais difícil a cura.
Segundo Sarah a designação de grupo de risco foi trocada por comportamento de risco, pois com as atitudes das pessoas atualmente, o risco de se contaminar tem aumentado.
A situação de quem pega essa doença é constrangedora, por isso não é revelado que a tem a cidade. A Prefeitura fornece mensalmente uma cesta básica para os portadores da doença, além de providenciar o transporte a Porto Velho bem como as despesa que os mesmos tenham na capital de Rondônia.
A Coordenadora do Programa DST AIDS em Humaitá afirmou que no carnaval será montada barracas de orientação e testagem, alem de distribuição de preservativos para todos.
AIDS mata! Previnam-se quem leva a vida sempre pulando, pode terminar mais cedo sua jornada deitado para sempre.

Haroldo Ribeiro
www.amazontime.com
imagem: media.giantbomb.com/.../177399-morte_large.jpg

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente com responsabilidade