Amazontime

Amazontime
O maior site de notícias de Humaita - AM
"Deixe seu comentário ao fim das matérias, se preferir poste no mural de recados na parte inferior do site. obrigado!

quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

PERIGO! SEM CALÇADAS







Na luta desigual entre os veículos e os pedestres quem sempre sai perdendo é aquele que anda a pé, assim o velho ditado de que todo o rio corre pro mar se sustenta, fazendo valer a lei do mais forte.
As ruas das grandes ou pequenas cidades precisam permitir ao cidadão comum, poder ir para onde quiser sem que isto signifique correr risco de morrer pela simples decisão de visitar algum parente que mora na cidade por exemplo.
Humaitá é um lugar que não possui calçadas, quem não tem veículo algum, corre o risco de ser levado repentinamente por algum carro ou moto desgovernada, e assim encontrar a morte precoce ou mesmo algum tipo de lesão grave que venha a atrapalhar sua vida ou modificá-la para sempre.
Constatamos na Rua das Flores, uma das mais populares da cidade que todos que por ali passem têm que utilizar as laterais da mesma por não ter em seu trajeto calçadas para o trânsito de pedestres.
A mesma constatação encontramos na Av. Brasil e Av. São Francisco, no bairro São Francisco, Transamazônica e Rua Rio Madeira no bairro de São Pedro, e assim em toda a cidade sem exceção.

DEFICIENTES DESRESPEITADOS

Já numa das áreas mais nobres da cidade, o Centro, o descaso se repete, pois a calçada que cerca a praça da saúde está esburacada e em tempos chuvosos obrigam os seus freqüentadores a fazerem um verdadeiro malabarismo para desviar das muitas poças d’água que se formam por lá.
O que chega a ser mais constrangedor é que os deficientes físicos não são contemplados por ação nenhuma poder público do município. Olhando o início da calçada que dá acesso à Praça da Saúde vemos uma barreira de aproximadamente 40 centímetros formando um degrau intransponível para quem usa cadeira de rodas.
Se para o pedestre comum já é difícil andar em todas as partes dessa cidade, dá muito bem para imaginar o que passa aquele que precisa de uma cadeira de rodas para se locomover. Por essa simples razão não vemos com freqüência pessoas rodando de cadeira de rodas pelas ruas dessa cidade pacata do interior.
Vários município do Brasil já fazem leis que tratam de benefícios para estes brasileiros importantes , está na hora de Humaitá acordar para esta realidade a realidade, pois quem anda de cadeira de rodas também merece respeito.


Haroldo Ribeiro
www.amzontime.com

Um comentário:

  1. Quase toda cidade está sem calçadas, e as poucas calçadas de Humaitá estão sempre com entulhos, eu mesma já fui vítima do descaso da diretoria da cidade com as calçadas. um belo dia estava passando na circular municipal em direção a rodoviária quando em uma rua mal iluminada cai em um buraco que estava simplesmente aberto na rua sem sinalização foi horrível!!
    Espero que a prefeitura tome uma providencia!!!!

    ResponderExcluir

Comente com responsabilidade